Segunda, 23.Otu.2017



Por Adiberto de Souza

Eleições caras e suspeitas

A retirada da pré-candidatura do jovem Talysson Costa...


28/09/2017 01:01
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

A retirada da pré-candidatura do jovem Talysson Costa (PR) a deputado federal acendeu o sinal de alerta para outros políticos. O pai do moço e prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), deu a entender que o recuo foi motivado pelo elevado valor da próxima campanha. Nem mesmo a boa administração realizada por ele garantiria o sucesso eleitoral do herdeiro. Será preciso muito dinheiro para suplantar a forte disputa pelas oito cadeiras da Câmara. Calcula-se um gasto de R$ 4 milhões para garantir a eleição de um deputado federal. Diante disso, conclui-se que o prefeito agiu certo em recuar no projeto político do filho. Ora, quem gasta esta pequena fortuna para se eleger deputado federal tem muito dinheiro sobrando ou está de olho em algo mais do que o gordo salário parlamentar, fato que deve despertar a desconfiança do eleitorado.

Fora Temer

A depender do deputado federal Valadares Filho (PSB), a Câmara aprova a admissibilidade da denúncia crime contra o ainda presidente Michel Temer (PMDB). “Nenhum brasileiro está acima da lei: Seja o mais simples cidadão ou o presidente da República deve ser investigado”, discursa Vavazinho. A denúncia contra o peemedebista foi lida ontem na Câmara. Será que agora vai?

Tempo difícil

Pelo que disse ontem Jeferson Passos, secretário da Fazenda de Aracaju, a Prefeitura ainda não dispõe de recursos suficientes para pagar a folha de pessoal deste mês. Segundo ele, o calendário de pagamento só será anunciado após ficar sabendo de quanto será a parcela do Fundo de Participação dos Municípios. Que crise!

Imundice punida

Duas fabriquetas de queijos foram fechadas no interior de Sergipe. Motivo: falta de higiene. Em uma delas os dejetos da produção eram lançados no Rio São Francisco. Na outra, a fiscalização flagrou uma chiqueiro de porcos vizinho às salas de produção dos queijos. Para completar, as duas queijarias não possuem licença ambiental. Pior é que elas não são exceção. Aff Maria!

Balão de ensaio

O PRB pensa em lançar candidatura própria ao governo de Sergipe. O nome preferido pela maioria do partido é o do ex-prefeito de Estância, Ivan Leite. Cauteloso, o político estanciano quer mais tempo para se decidir. Ele prefere que a candidatura seja resultado de um consenso do bloco governista. É, faz sentido!

Novo aumento

Depois do gás de cozinha, reajustado ontem em 6,9%, chegou a vez de o gás destinado à indústria e ao comércio ser majorado em 7,9%.  Quer dizer, além de pagar caro para cozinhar a gororoba, o povo ainda sofrerá com o repasse do reajuste do gás industrial e comercial. Desse jeito a Petrobras vai se recuperar rapidamente da roubalheira em que foi vítima. Crendeuspai!

Luta por teto

O Movimento Nacional de Luta pela Moradia está reivindicando a regularização de um terreno em Pirambu pertencente à União e que se encontra ocupado por 1.500 famílias. Ontem, o governador Jackson Barreto (PMDB) prometeu reivindicar à Secretaria Nacional do Patrimônio da União que ceda a área ao Estado para a construção de casas populares. As famílias estão na área desde 2013.

Carapuça

Veja o que postou nas redes sociais o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD): “O político vai para o rádio e quando é criticado diz que foi missa encomendada, mas se for elogiado, aí é espontâneo. Quem não sabe conviver com a crítica não pode nem ser candidato, que dirá exercer um mandato. Somos, por dever de ofício, avaliados diariamente”. Alguém aí veste esta carapuça? Homem, vôte!

Feliz da vida

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) não escondeu a alegria com a aprovação do projeto revogando o reajuste anual de 30% do IPTU. “A Câmara Municipal acaba de aprovar o projeto que revoga a maior injustiça já feita com os aracajuanos. Agradeço a todos os vereadores pelo apoio e confiança na reconstrução de Aracaju. Mais um compromisso cumprido!”. Então, tá!

Festa no Terreiro

Festeja-se nesta quarta-feira, São Cosme e São Damião. No Candomblé e na Umbanda, os dois são conhecidos como os orixás Ibejis. São filhos gêmeos de Xangô e Iansã. Os devotos e simpatizantes têm o costume de fazer o “caruru dos sete meninos”, que representam os sete irmãos e dar para as crianças. Omi Ibejada!


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir