Segunda, 23.Otu.2017



Por Adiberto de Souza

Meia-entrada é fuleiragem

A Câmara de Aracaju deve votar hoje um absurdo projeto...


03/10/2017 09:51
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

A Câmara de Aracaju deve votar hoje um absurdo projeto instituindo a meia-entrada para jornalistas, radialistas e publicitários. Concebida pela vereadora Emília Corrêa (PEN), certamente para bajular estas três categorias, a proposta vai prejudicar sobremodo o restante dos aracajuanos. Está claro que as casas de espetáculos aumentarão os preços dos ingressos para recuperar a perda com este privilégio vergonhoso. E por que só os comunicadores terão direito à meia-entrada? Como cidadãos, em que eles são diferentes dos vendedores ambulantes, domésticas, médicos, biscateiros, mecânicos, desempregados, padres, etcétera e tal? E não venham com essa falácia que a meia-entrada aumenta o acesso à cultura. É mentira! Na medida em que eleva o valor do ingresso, o cinema e o teatro afugentam os pagadores de inteira, ou seja, o restante da população. Ademais, os sindicatos dos jornalistas, radialistas e publicitários não deveriam apoiar esse tipo de esmola politicamente incorreta, mas defender salários justos, que permitam ao profissional de comunicação pagar suas despesas sem precisar de “jabás” disfarçados de favores e custeados pelo contribuinte.

Petroleiros protestam

Os petroleiros promovem, nesta terça-feira, mobilizações contra as reformas deste governo temário, a privatização das estatais e o desmonte da Petrobras. A categoria também condena o equacionamento da Petros: “A alta administração da Petrobras quer empurrar para os trabalhadores uma dívida que é da empresa”, explica Edvaldo Leandro, diretor do Sindipetro. Certíssimo!

Fila partidária

Com o título acima, a coluna Esplanada, publicada no Jornal da Cidade, traz hoje a seguinte nota: “Dos 68 partidos em formação no Brasil, dois aguardam julgamento do TSE: o Igualdade e o Muda Brasil. Este último criado pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado no escândalo do mensalão”. Êita Basilzão sem jeito!

Sergipano ilustre

Em sessão solene, a Assembleia entregou ontem, o Título de Cidadania Sergipana ao comerciante Adilson do Biscoito. Nascido em Salvador, o mais novo filho de Sergipe é um empreendedor, tendo conseguido formar a família comercializando suas guloseimas pelas ruas da Grande Aracaju. Um dos fundadores do PSTU, Adilson vende os biscoitos feitos pela esposa Maria Silvana Oliveira, há mais de 20 anos. Parabéns, amigo!

Vai pro pau

A Secretaria da Saúde de Sergipe promete recorrer tão logo seja notificada da decisão judicial suspendendo a aluguel e reforma de um imóvel em Aracaju. Segundo o secretário Almeida Lima (PMDB), o contrato de locação cumpriu todos os requisitos legais, fatos que serão comprovados na ação recursal. Então, tá!

Lixo em disputa

Está marcada para quinta próxima, a abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas em fazer limpeza urbana e coleta de lixo em Aracaju. Isso se a concorrente Torre não conseguir na Justiça “melar” o processo. O edital da Prefeitura prevê a contratação das empresas por um prazo de cinco anos, com valor anual dos serviços de R$ 80 milhões.

Debatendo a crise

Empresários, trabalhadores e representantes de órgãos públicos participam, nesta quarta-feira, do ciclo de debates “Indústria e Desenvolvimento – Estratégias para superar a crise e construir um novo projeto nacional”. Será a partir das 9h, no Real Classic Hotel, em Aracaju. Entre os debatedores estão prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), o professor da Universidade Federal de Sergipe, Ricardo Lacerda, e o supervisor técnico do Dieese, Luis Moura. Prestigie!

Lá e cá

O mundo se assustou com a carnificina promovida em Las Vegas por um americano maluco e armado até os dentes. Mais de 50 inocentes foram abatidos a tiros. Já pensaram se o mundo tomasse conhecimento do exagerado número de vítimas da violência no Brasil? Para se ter uma ideia, só no último final de semana, 17 pessoas foram mortas a tiros em Sergipe, quase a metade das vítimas do atentado nos EUA. Cruz credo!

Orelhão 0800

As ligações locais e de longa distância nacional realizadas em Sergipe a partir orelhões da Oi não podem ser cobradas. A determinação da Anatel, que alcança outros 14 estados, é em razão do não cumprimento de obrigações por parte da concessionária. A gratuidade se manterá até o dia 30 de março de 2018. Está esperando o quê para colocar aquela conversa em dia?

Novo livro

O médico e escritor Zeza Vasconcelos lança nesta terça-feira o romance “Sara”, que trata sobre a história de amor entre um casal em meio à ditadura instalada no Brasil, em 1964. Marcado para começar às 17h, o evento literário acontecerá no Museu as Gente Sergipana, centro de Aracaju. Agende-se!


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir