Segunda, 23.Otu.2017



João Cândido considera “falta de consideração e respeito” processo do prefeito contra sua assessora

Lurdinha de Zeinha é prima da deputada Mari Mendonça.


14/09/2017 13:11 - Atualizado em 14/09/2017 13:28
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

O vereador João Cândido Sobrinho (PSB) fez pronunciamento duro na sessão da última terça-feira (12) ao defender sua assessora Maria Góis Mendonça, Lurdinha de Zeinha, sobrinha de Chico de Miguel e prima de Maria Mendonça.

"Muitos já disseram ser amigo de Zeinha, muitos já bateram no peito e disseram esse eu tenho como pai, mas agora onde estiver Zeinha deve está sofrendo pela atrocidade e pela falta de consideração e respeito para com esta figura. Uma mãe e uma avó exemplar, e que tenho certeza que todos tem respeito pela figura de Lurdinha de Zeinha" comenta o vereador.

De acordo com o vereador, é uma falta de consideração e respeito punir alguém que desde a sua adolescência ajudou no agrupamento político dos “Teles de Mendonça”, desde a campanha de Chico de Miguel. A assessora do parlamentar está sendo processada pelo Prefeito Valmir de Francisquinho, após publicações nas redes sociais. A multa que o prefeito pede é no valor de R$ 8.000. Assista ao pronunciamento:

O prefeito de Itabaiana emitiu nota sobre a situação. Confira: 

"Diante de uma desnecessária polêmica envolvendo meu nome a respeito de uma ação judicial, sinto-me no dever de esclarecer: Tenho sido vítima de falsas denúncias, acusações descabidas e ataques sem qualquer fundamento. Todas as vezes que isso ocorre, faço o que todo cidadão de bem deve fazer: busco a justiça, com o objetivo de restabelecer a verdade, afinal, como prefeito eleito pela vontade da ampla maioria do povo itabaianense, devo satisfação dos meus atos a toda população.

Tenho ganho várias ações e todas as vezes que me cabe indenização financeira, faço o repasse do valor integral para instituições filantrópicas. No caso em pauta, reafirmei diversas vezes que nunca influenciei em afastamento, demissão ou contratação do radialista Alex Henrique, pela Rádio Capital do Agreste. Não sou dono, sócio e não tenho qualquer influência nas decisões da sua diretoria, representada pelos amigos Zé Teles e dona Sandra. Os respeito como administradores e jamais me envolveria em posições administrativas.

Quanto às críticas à nossa administração por parte deste ou de qualquer outro integrante da imprensa, recebo com naturalidade e todas as vezes que as críticas tomarem o rumo da calúnia, da mentira e tiverem o objetivo de denegrir a minha imagem como homem público ou cidadão, farei o que manda a decência: procuro a justiça do meu Estado, em que confio.

Quando as criticas são construtivas, pessoalmente, ou através da minha assessoria, uso o mesmo espaço, quando me permitem, para apresentar minha versão dos fatos. Vejo a imprensa como uma parceira e não como inimiga.

Portanto, deixo claro que acionar a justiça para buscar a verdade, não significa estar contra a quem quer que seja. Representa, isso sim, o exercer da cidadania e o direito de me defender das falsas acusações e primar pela verdade. Nunca agir diferente.

Não é da minha índole censurar esse ou aquele profissional de imprensa e muito menos perseguir quem quer que seja. Ao longo da minha vida tenho demonstrado que sou um político democrático, que respeita o contraditório.

No mais, reafirmo a minha disposição de continuar trabalhando incansavelmente buscando a realização de obras e ações que verdadeiramente têm melhorado a qualidade de vida do povo itabaianense. Respeito a todos, sou politico de grupo e procuro agir com transparência e responsabilidade, mas não posso e não vou aceitar, em silêncio, as injustiças contra mim praticadas".


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir