Segunda, 23.Otu.2017



Petrobras ofertará 42 blocos na bacia de Sergipe

ANP oferecerá 11 blocos na parte marítima.


22/09/2017 09:27
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

A 14ª Rodada de Licitações da ANP oferecerá 11 blocos na parte marítima da Bacia Sergipe-Alagoas, dos quais seis estão localizados no litoral sergipano. Além dos blocos em águas profundas, também estão em oferta 46 na porção terrestre da bacia. Desses, 36 se localizam no Estado de Sergipe.

Os blocos localizados na porção terrestre da bacia abrangem os municípios de Areia Branca, Barra dos Coqueiros, Capela, Carmópolis, Divina Pastora, General Maynard, Japaratuba, Laranjeiras, Malhador, Maruim, Nossa Senhora Das Dores, Nossa Senhora Do Socorro, Pirambu, Riachuelo e Rosário do Catete.

A parte terrestre da Bacia Sergipe-Alagoas é classificada como madura, ou seja, já foi densamente explorada e oferece oportunidades para as empresas de pequeno e médio porte nas atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural. A porção marítima da Bacia Sergipe-Alagoas possui potencial para descobertas de óleo leve e condensado semelhantes às descobertas realizadas nos últimos anos na bacia.

Os bônus mínimos de assinatura variam de 63 mil a R$ 176 mil para os blocos terrestres e de 6,15 milhões a R$ 31,47 para os blocos marítimos localizados no litoral sergipano. Em julho de 2017, o estado de Sergipe produziu 23.056 barris de petróleo e 2,3 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. O estado possui 21 campos produtores.

Ao todo, na 14ª Rodada de Licitações, serão ofertados 287 blocos em 29 setores de nove bacias sedimentares, totalizando área de 122.615,71 Km2. Esta Rodada de Licitações tem por objetivos ampliar as reservas e a produção brasileira de petróleo e gás natural, ampliar o conhecimento das bacias sedimentares, descentralizar o investimento exploratório no país, desenvolver a pequena indústria petrolífera e fixar empresas nacionais e estrangeiras no país, dando continuidade à demanda por bens e serviços locais, à geração de empregos e à distribuição de renda. O certame está autorizado pela Resolução CNPE nº 06/2017, de 11 de abril de 2017 e publicada no Diário Oficial da União em 20/04/2017.

Fonte e foto: ascom Petrobras


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir