Segunda, 23.Otu.2017



Prefeitura de Ribeirópolis suspende todos os contratos de comissionados e secretários entregam cargos

Prefeito anunciou a medida na sessão desta quinta-feira (28).


28/09/2017 19:23 - Atualizado em 28/09/2017 23:12
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Por SergipeNet, da redação.

O Prefeito de Ribeirópolis Antônio Passos Sobrinho (DEM) anunciou na sessão da Câmara de Vereadores desta quinta-feira, dia 28, a suspensão de todos contratos do município. Em solidariedade, os secretários entregaram também os cargos.

De acordo com o prefeito, em sua vida pública nos cargos em que ocupou em raríssimas ocasiões passou por situação semelhante a atual enfrentada na cidade de Ribeirópolis. “Precisamos aproximar a receita das despesas. A receita precisa ser superior as despesas, caso contrário não pagamos os compromissos”, comenta.

O prefeito acrescentou sobre a situação financeira do município. “Pagamos julho até o respectivo mês, em agosto caíram os recursos e veio os problemas. Fiz estudo do comportamento das receitas mês a mês, e levando em consideração alguns anos”, comenta o gestor.

Passos relata que o município é obrigado a gastar 25% no mínimo com educação, porém ultrapassa esse valor por algumas situações. “Temos um convênio com o Estado para transportar estudantes da rede estadual e recebemos apenas o mês de março, semelhante ao que ocorreu no ano anterior. Na condição de líder politico não posso dizer que não irei transportar o filho de um pai de família”, comenta o prefeito.

Antônio diz que entende que é de sua responsabilidade minimizar as despesas com pessoal. “Nós temos como meta adequar essas despesas sob pena do administrador ser denunciado e respondermos por improbidade administrada e então vamos montar uma folha em valores reais que podemos gastar. Vamos remanejar para setores essenciais determinados servidores. Com isso nem saúde nem educação terá descontinuidade”.

Ainda segundo prefeito, caso as finanças melhorem os comissionados podem ser recontratados, e servidores de serviços essenciais serão reconduzidos aos cargos imediatamente.

Em relação ao concurso, o prefeito diz que pretende realizar, porém somente em um futuro próximo quando a máquina pública estiver normalizada.


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir