Terça, 12.Dez.2017



Reajuste do magistério em Moita: município paga um dos maiores salários do estado

Professor em Moita ganha até o dobro do salário de vereador e secretário.


09/10/2017 21:30 - Atualizado em 09/10/2017 23:15
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

O município de Moita Bonita, no agreste do estado, vive um dilema para sustentar os aumentos salariais dos professores. A situação atípica do município ocorre devido a uma gratificação acrescida ao piso no passado e que se tornou permanente. 

SINTESE e SINDMOITA presentes na Câmara Municipal de Vereadores.

Nesta segunda-feira, dia 09, o SINTESE e representantes do Sindmoita ocuparam a prefeitura, alegando falta de negociação. Por outro lado, o município que já está no limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), não encontra alternativa para atender os profissionais, e acaba inviabilizando o reajuste dos demais servidores. 

O município de Moita Bonita gasta atualmente R$ 536.006,83 por mês com o pagamento da folha. Esse valor representa algo entorno de 52% do gasto total da folha.  É uma situação atípica, enquanto secretário municipal e vereador recebe R$ 3.650,00, professor pode ganhar cerca de o dobro deste valor. Situação que faz com que um professor prefira continuar em sala de aula ao invés de assumir uma secretaria, por exemplo.

Moita possui atualmente pouco mais de 30 comissionados, incluindo secretários, tendo a maior parte dos servidores com vínculo efetivo. Demitir não é a solução para a governabilidade do município. 

A situação da diminuição dos repasses municipais, e o aumento dos gastos com folha faz com que mais de 5 mil municípios destinem mais de 80% dos recursos do Fundeb, apenas para a folha de pagamento. Enquanto isso, outras despesas perdem lugar no orçamento das prefeituras, é o caso de Moita Bonita.

banner topo

Compartilhar no Whatsapp
Imprimir