Segunda, 22.Jan.2018



Furacão político: radialista afastado, demissões e desabafos, em Itabaiana

Um dia após a surpreendente eleição da Mesa Diretora.


27/10/2017 14:21 - Atualizado em 27/10/2017 14:40
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

As consequências do “furacão político” que atingiu a cidade de Itabaiana, no agreste do estado, na quinta-feira, dia 26, provocou mudanças repentinas no cenário político do município.

Após a eleição da Mesa Diretora que elegeu Ivoni Lima de Andrade (PMDB) presidente, o vereador Roosevvelt Santana (PSB) foi afastado (ou afastou-se) do programa Radiografia na Rádio Capital do Agreste. No mesmo dia, o âncora deixou de apresentar o programa para acompanhar Valmir na FM Itabaiana.

A deputada Maria Mendonça, que ainda não havia se pronunciado sobre as desavenças políticas, participou de programas de rádio e desabafou. Ela diz que em momento algum, foi chamada para tratar sobre a eleição da mesa diretora e que não conversou com os vereadores João Cândido e José Roberto sobre a eleição.

"Convém dizer que nunca eu ou qualquer membro da família Teles de Mendonça desrespeitou ou atacou o prefeito Valmir de Francisquinho, eleito pelo nosso agrupamento e que sempre teve de nós o devido e respeitoso tratamento. Ressalte-se, ainda, que nunca tratamos nem com o prefeito Valmir e nem com nenhum outro agrupamento, absolutamente nada a respeito do processo eleitoral vindouro, pois, como já disse anteriormente, as eleições de 2018 serão tratadas somente em 2018, em diálogo aberto, ouvindo a todos", disse a deputada.

O prefeito Valmir de Francisquinho (PP), confirmou que não apoiará a reeleição de Maria e, sobre os comissionados indicados pelos Teles de Mendonça, disse que vai sentar com os vereadores e amigos para só depois tomar uma decisão.


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir