Quarta, 22.Nov.2017



Colégio de Pedra Mole realiza concurso de poesia e conta com participação de 40 alunos

Na primeira fase foram selecionados os 10 melhores poemas e colocados para votação.


08/11/2017 11:38 - Atualizado em 08/11/2017 12:05
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

O Colégio estadual Augusto Franco, na cidade de Pedra Mole, realizou entre os dias 17 e 19 de outubro o primeiro concurso de poesia com alunos do 1º ano do Ensino Médio e contou com a participação de 40 estudantes.

O concurso foi idealizado pela professora Luana Andrade. Após ministrada aula sobre o movimento literário Barroco, bem como exibição do filme "Sociedade dos Poetas Mortos", a professora instigou os alunos a escreverem suas próprias poesias. Eis a grata surpresa: dos 40 alunos da turma, a quase totalidade deles se empenhou na escrita.

Na primeira fase foram selecionados os 10 melhores poemas e colocados para votação. Os professores presentes da escola, bem como a equipe diretiva escolheram os três melhores. Em primeiro lugar, com 4 votos, ficou a poesia da aluna Aysha Santos Souza, 14 anos. Em empate técnico, com 3 votos cada, ficaram em segundo lugar as poesias das alunas Kassandra Souza de oliveira, 14 anos e Emilly Karoline dos Santos Alves, 15 anos.

Poesia de Aysha:
 
Um novo pensamento
de um velho amor
reconhecer esse sentimento
pode ser dolor
 

De frio para quente
com seu sorriso em mente
um coração tornou-se fervente
sempre mostrava-se ardente
 

sentindo-se sempre triste
mas quem vai se importar?
ponha uma expressão feliz
É mais visível ao olhar
 

Nunca deixando de sonhar
desde pequeno fui de imaginar
vivo dentro de grandes sonhos
que me tiram deste lugar
 

Poesia de Kassandra:
Aquele eu perdido
Em um mundo de tristeza
procurando algo ou alguém
com alegria e destreza
 

Falando em saudades
se tem muitas opiniões
algumas como tristezas
outras como soluções
 

Apesar de contínuas tristezas
acabar com nossa calmaria
sempre haverá algo ou alguém
que nos traga muita alegria
 

Hora grandes tristezas
Hora inúmeras alegrias
nesse vai e vem de humor
que passamos dia a dia
 

Vivendo com simpatia
pelas que a retribuem
exibindo alegria
aos que pouco a possuem
 

Poesia de Emilly:
 Não quero sentimentos frios
que ferem minha alma
desejo novas pessoas
que me aquecem e me acalmam
 

De pessoas sem sentimentos
o mundo está cheio
tenho certeza de que você
não quer coisas de momento
 

Só quero carinho, emoção
talvez um pouco de compaixão
pensar no próximo é uma ótima opção
 

Porque o amor é uma variável
Tão linda e moldável
que cresce no calor do momento
aos que pouco a possuem
Drogaria_rezende

Compartilhar no Whatsapp
Imprimir