Domingo, 21.Jan.2018



Em Sessão Solene, Câmara de Moita Bonita concede título de Cidadão Honorífico a 13 personalidades

Sessão ocorreu na última sexta-feira (15).


18/12/2017 10:03 - Atualizado em 18/12/2017 10:10
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Desde a última sexta-feira (15), Moita Bonita possui 13 novos cidadãos honoríficos. O título foi concedido, em Sessão Solene promovida pela Câmara Municipal. O evento contou com a participação de autoridades, amigos dos homenageados e o público em geral.

Foto: assessoria da Câmara de Moita Bonita.

Os títulos foram concedidos a personalidades que escolheram a cidade de Moita Bonita para residir ou trabalhar, servir e ajudar.  A pessoa agraciada passa a ser um irmão, um conterrâneo, uma pessoa da terra natal. Mesmo que um homenageado não tenha nascido ou não resida no Município, para que se lhe conceda tal homenagem, faz-se necessário que se diga o que ele (homenageado) fez, sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais, em defesa do povo do Município que lhe concedeu tal cidadania.

Título Honorífico de Cidadania Moitense

Ronaldo Rodrigues dos Santos, 36 anos, natural de Malhador/SE. É filho de José Rodrigues dos Santos e Maria de Lourdes Santos, graduado em Teologia pela Faculdade Batista da Bahia e Filosofia pelo Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição. Pós-graduado em docência do Ensino Superior; Ordenou-se padre em 12/05/2009; assumindo as atividades sacerdotais na paróquia São Cristóvão, em Nossa Senhora das Dores. Logo após tomou posse no Conjunto Jardim, em Socorro, onde serviu à paróquia Nossa Senhora Rosa Mística. Em Agosto de 2016, foi empossado pelo Arcebispo Dom Lessa, em Moita Bonita, na paróquia Santa Terezinha, onde está até os dias atuais. Pelos relevantes serviços prestados, a vereadora Lenecleide Ferraz, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 058-2017, de 31 de Agosto, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 

Genalda Correia da Silva, 74 anos, natural de Carira, filha de Melanio Correia da Silva e Genolina Pereira da Silva. É freira da Congregação Santa Terezinha; graduada em Letras Português-Inglês pela Universidade Tiradentes e Teologia pela Faculdade de Salvador, já tendo passado em missão pelas cidades de Boquim, Aracaju, Barra dos Coqueiros e também Guiné-Bissau na África, onde morou por 12 anos; dentre tantas outras. Em sua passagem pela segunda vez em Moita Bonita, está prestando seu serviço missionário na paróquia Santa Terezinha. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Thalles Costa, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 068-2017, de 30 de Novembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 
Terezinha Cavalcante de Jesus, 76 anos, natural da cidade de Senador Pompeu, no Ceará, é filha de  José Cavalcante dos Santos e Engraça Cavalcante de Jesus. Freira da Congregação Santa Terezinha; graduada Pedagogia pela Universidade Federal de Alagoas, já tendo passado em missão pelas cidades de Nossa Senhora da Glória, Ribeirópolis; dentre tantas outras. Em sua passagem pela terceira vez em Moita Bonita, está prestando seu serviço missionário na paróquia Santa Terezinha. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Thalles Costa, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 067-2017, de 30 de Novembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 
Maria Pereira Lima, 68 anos, natural de Ribeirópolis, filha de Francisco Pereira de Lima e Maria Josefa de Lima. É freira da Congregação Santa Terezinha; graduada em Teologia pela Faculdade de Salvador, já tendo passado em missão pelas cidades de Buriti dos Lopes, no Piauí, Barra dos Coqueiros, Comunidade Santa Rosa Ermírio em Poço Redondo; dentre tantas outras. Em sua passagem pela segunda vez em Moita Bonita, está prestando seu serviço missionário na paróquia Santa Terezinha. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Thalles Costa, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 069-2017, de 04 de Dezembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 
Wilson Valmir da Silva, 46 anos, natural de Mirante do Paranapanema/SP. É filho de José Valmir da Silva e Adeilde Vieira da Silva; possui experiência na área de comunicação e é reconhecido pelo seu trabalho no Rádio e em locuções. Já atuou em concessões comunitárias, estando atualmente com um programa na Rádio Moita FM. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Elias Barreto, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 063-2017, de 22 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 

Cledja Vieira dos Santos, 37 anos, natural de Malhador/SE. É filha de Nicanor José dos Santos e Maria Vieira de Santana Santos, pós-graduada em Psicopedagogia. Já atuou na Educação de Jovens e Adultos em Malhador e Moita Bonita, entre 2003 e 2007, assumindo como educadora social do PETI em 2008 e como professora da Escola Rural do povoado Cova da Onça, em 2009. Já em 2010 esteve à frente da secretaria executiva do Conselho Municipal de Desenvolvimento Social, até 2013, onde assumiu a pasta municipal da agricultura por 01 ano. Sendo desvinculada do Município por licença maternidade, onde após certo tempo, como voluntária iniciou o trabalho de assistente administrativa da COOPERAFES local, estando até hoje. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Elias Barreto, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 060-2017, de 11 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 
Lucigreyce Teles Santos, 35 anos, natural de Itabaiana/SE. É filha de Everaldo Leite Santos e Maria Francisca Leite Santos, graduada em Direito, pós-graduada em Ciências Criminais; é presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB Regional Agreste. Atua na advocacia há 7 anos tendo contribuído nas prefeituras de Itabaiana, Japoatã e, atualmente, integra o quadro funcional em Moita Bonita. Também já possuiu comércio do ramo de celular em Ribeirópolis, Carira, Capela e Aracaju, tendo encerrado as atividades empresariais em 2010 para seguir carreira após a formação. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Elias Barreto, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 061-2017, de 11 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 
Erica Alves dos Santos Barreto, 40 anos, natural de Malhador, filha de Eraldo Alves dos Santos e Maria Aldeni Alves dos Santos. É graduada em Enfermagem pela Faculdade Estácio e em Pedagogia pela Faculdade Pio X. Possui pós-graduação em vigilância de Saúde e é especializada em Gestores do SUS. É auxiliar de enfermagem no Hospital Regional de Itabaiana desde 2000. No período de 2005 à 2009 trabalhou na Unidade de Saúde Padre Antonio Rezende em sua cidade natal. Já em Moita Bonita, prestou seu serviço na unidade Antonio de Gois de 2007 à 2009, sendo direcionada à Secretaria Municipal de Saúde como coordenadora de atenção básica da vigilância epidemiológica, onde se encontra até os dias atuais. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Elias Barreto, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 062-2017, de 11 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 
Taise Vasconcelos de Almeida, 28 anos, natural de Aracaju, filha de José Neto de Almeida e Valdite Vasconcelos de Almeida. É graduada em Fisioterapia, já tendo trabalhado pelas prefeituras de Poço Verde e Japaratuba. Em Moita Bonita, está lotada na Unidade Antonio de Goi, sendo um anexo da Secretaria Municipal de Saúde. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Jorgenaldo Barbosa, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 065-2017, de 11 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 


Crisleine Rozendo Feitosa Santos, 33 anos, natural de Aracaju, filha de Deguinaldo Rodrigues feitosa e Maria dos Prazeres Rosendo Feitosa. É graduada em Fisioterapia pela Universidade Tiradentes, já tendo trabalhado na Unidade de Pronto Atendimento Zulmira Soares, na cidade de Poço Redondo. Em Moita Bonita, está lotada na Unidade Antonio de Goi, sendo um anexo da Secretaria Municipal de Saúde. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Jorgenaldo Barbosa, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 064-2017, de 11 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 


Clayton Silva Cunha, 44 anos, natural de Itabaiana. É filho de José Rodjalma da Cunha e Rivanete Silva Cunha; possui experiência na área comercial, sendo reconhecido pelo trabalho de sua família no Supermercado Karolayne quando esteve em Moita Bonita. Atualmente dirige o Comercial Peixoto, na cidade serrana. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Gilvan Fonseca, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 039-2013, de 06 de Maio, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 

Michelle Oliveira de Jesus Cunha, 38 anos, natural de Itabaiana. É filha de Miguel de Jesus e Josefina Oliveira de Jesus; possui experiência na área comercial, sendo reconhecida pelo trabalho de sua família no Supermercado Karolayne quando esteve em Moita Bonita. Atualmente dirige com seu esposo o Comercial Peixoto, na cidade serrana. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Gilvan Fonseca, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 040-2017, de 06 de Dezembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue. 
 

Cícero Santos Silva, 51 anos, natural de Apaparica/AL. Filho de Manoel Ribeiro da Silva e Maria José Luz Santos; formado pelo Curso da Polícia; iniciou seus trabalhos em Moita Bonita no dia 12 de Março de 1986, muito tendo contribuído com a segurança e o social da cidade. Atualmente, como segundo sargento, está à disposição do Ministério Público de Sergipe. Pelos relevantes serviços prestados, o vereador Gilvan Fonseca, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 056-2015, de 21 de Setembro, aprovado por unanimidade, achou por bem apresentar tal outorga, que neste momento será entregue.

Com informações da assessoria da Câmara.


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir