Segunda, 15.Otu.2018



Governo Federal impõe “lei da mordaça” em festa patrocinada pelo Ministério do Turismo, em Glória

Prefeito Chico se sentiu um estranho em sua própria casa.


07/01/2018 08:44 - Atualizado em 07/01/2018 09:57
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Por Aparecido Santana, redação Sergipenet.

A música “É proibido proibir” de Caetano Veloso nunca foi tão atual para tratar sobre a “mordaça” imposta pelo Governo Federal em festa patrocinada pelo Ministério do Turismo, em Nossa Senhora da Glória, no alto sertão do estado.

Foto: Stúdio Flash

O prefeito Chico do Correio (PT) se sentiu um estranho em seu próprio lar, durante a realização do tradicional Carnaforró. A prefeitura na condição de órgão realizador foi censurada pelo Governo Federal, órgão apoiador.

O site local denominado Pingou Notícias cancelou no dia da realização do evento, a transmissão que estava prevista. Em nota, o veículo de comunicação informou aos internautas, que o cancelamento foi decorrente da proibição de veiculação comercial durante a transmissão, e o patrocínio seria necessário para os gastos da equipe e da estrutura no local.

A Capital do Sertão recordava os anos de tormento da Ditadura Militar, com representantes do Governo Federal presentes no evento dizendo o que deveria ser feito. “É proibido mencionar o nome de qualquer autoridade política durante o evento”. A Xodó FM, um das rádios mais conceituadas no estado, trouxe seu estúdio móvel, mas não conseguiu realizar um trabalho semelhante ao que costuma fazer em decorrência da mordaça.

Apesar dos aspectos negativos dos bastidores, a festa foi grandiosa e contou com um grande público de vários municípios.

 


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir