Terça, 24.Abr.2018



Concurso da polícia em Sergipe vai ser lançado na próxima terça-feira (03)

Serão ofertadas 661 novas vagas na rede pública estadual.


01/04/2018 12:54 - Atualizado em 01/04/2018 12:54
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

O concurso público anunciado pelo governador Jackson Barreto para preenchimento de vagas na Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, agentes penitenciários e gestores públicos oferece salários que variam entre R$ 1,5 mil a R$ 9,2 mil reais. O edital será lançado oficialmente pelo próprio governador na próxima terça-feira, 3, em solenidade que acontecerá às 8h no Palácio de Despachos, em Aracaju.

Serão ofertadas 661 novas vagas na rede pública estadual, sendo 300 vagas para soldado da Polícia Militar e 30 para aspirante; 200 vagas para soldado bombeiro e 12 para aspirante; 100 vagas para guarda prisional; e 19 vagas para gestor público.

Para soldado da PM será exigido o nível médio e para aspirante curso de bacharelado em Direito; para bombeiro a exigência é de nível médio para soldado e de nível superior em qualquer área para aspirante. Já para guarda prisional o interessado precisará apenas ter o nível médio e, para gestor público, qualquer formação superior.

O salário inicial dos aprovados no concurso de soldado da PM e Bombeiros será de R$ 3.370,00 e o de aspirante será de R$ 9.236,39; o salário do agente penitenciário corresponderá a R$ 1.500,00 e o de gestor público R$ 7.714,29.
Para o concurso da Polícia Militar e Bombeiros haverá uma quota de 20% para mulheres. Já para guarda prisional 75 vagas serão para homem e 25 para mulher. Em todos os concursos, haverá quota de 10% para afrodescendentes.

As provas dos quatro concursos ocorrerão em dias diferentes, sendo 60 dias após a publicação dos editais. As contratações dos aprovados acontecerão em 2019, em razão das várias fases dos concursos. Após a prova objetiva, haverá, em outras datas, exame psicológico, Teste de Aptidão Física (TAF), investigação social e, no caso do concurso para gestor e guarda prisional, ocorrerá ainda prova de título e curso de formação.

Com informações da Secom


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir