Domingo, 23.Set.2018



Augusto Bezerra e Paulinho da Varzinhas são condenados a 12 anos em regime fechado

Defesa dos deputados diz que vai recorrer da decisão.


25/04/2018 13:57
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Por G1-SE.

O julgamento do desvio de verbas de subvenções da Assembleia Legislativa de Sergipe foi retomado na manhã desta quarta-feira (25), após pedido de vista do desembargador Alberto Romeu Gouveia, e os desembargadores votaram, em sua maioria, pela condenação em regime fechado dos deputados estaduais Augusto Bezerra (DEM) e Paulinho da Varzinhas (PSC), ambos condenados a 12 anos, sete meses e um dia, além de pagamento de multa. A defesa dos deputados informou que vai recorrer da decisão.

O empresário Nollet Feitosa foi condenado a nove anos e um mês em regime fechado e a pagamento de multa. A defesa do empresário ainda não se pronunciou sobre a condenação. Os demais réus citados no processo foram condenados a regime semiaberto.

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Entenda o caso
 
As verbas de subvenções eram recursos indicados pelos deputados para distribuição entre entidades e instituições filantrópicas, e segundo o Ministério Público, o recurso não foi usado da forma correta. Essa situação levou a Procuradoria Geral de Justiça a ajuizar ações contra os deputados que, segundo a denúncia, usaram o dinheiro para se beneficiar nas eleições.


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir