Sábado, 26.Mai.2018



"Falta quem queira compor como vice as chapas majoritárias"

Enquanto há pré-candidatos ao Senado pra todos os gostos...


08/05/2018 09:44
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Coluna Adiberto de Souza.

Enquanto há pré-candidatos ao Senado pra todos os gostos, falta quem queira compor como vice as chapas majoritárias. O PRB do pastor Heleno Silva evita o cargo assim como o diabo foge da cruz, o PMDB de Jackson Barreto diz não ter pretensão para reserva, enquanto o PT, mesmo alquebrado após a prisão do ex-presidente Lula, não quer nem ouvir falar na palavra vice. Na oposição, o posto também é relegado ao último plano. Ninguém apareceu por lá com disposição para ser parceiro de chapa do pré-candidato ao governo Eduardo Amorim (PSDB). Aliás, o PSB do senador Valadares deixou o grupo amorinista - hoje sob a liderança do deputado André Moura (PSC) - porque sugeriram que Valadares Filho tem cara e estatura de candidato a vice. Tanta recusa em ser um reserva de luxo permite supor que os partidos não apostam no taco de seus pré-candidatos ao governo. Homem, será?

Cartão vermelho

De tanto perambular por aí de braços dado com a oposição, o pastor Heleno Silva (PRB) recebeu passe livre do governo pra ir cantar em outro terreiro. Exonerado de um gordo cargo comissionado, o reverendo agora tem tempo de sobra para ser candidato a senador no time liderado por Eduardo Amorim e André Moura. Marminino!

Não Veja

O Ministério da Cidadania adverte, a revista Veja é contraindicada à democracia. Portanto, fuja às léguas deste pasquim amarronzado!

Prepare o bolso

Desde a zero hora de hoje, o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) de uso industrial e comercial está 7,1% mais caro. O reajuste vale para embalagens acima de 13 quilos. De acordo com a Petrobras, o aumento será entre 5,8% e 8,6%, dependendo do polo de suprimento. Nem precisa dizer que essa nova majoração vai impactar, de forma crucial, as empresas que operam com uso intensivo de GLP. Cruz credo!

Mala preta

Fala-se à boca miúda que alguns políticos desonestos estão engordando animais silvestres para negociá-los na campanha eleitoral deste ano. Aqueles mais afortunados estão com uma grande criação de Tartarugas (R$ 2), Garças (R$ 5), Araras (R$ 10), Micos-Leão-Dourado (R$ 20), Onças (R$ 50) e Garoupas (R$ 100).  A ideia dos safados é colocar estes animais em malas pretas para trocá-los por votos, principalmente no interior sergipano. Alô, Ibama, se ligue!

Mistureba

Quando Dom Pedro Segundo
Governava a Palestina
E Dona Leopoldina
Devia a Deus e o mundo
O poeta Zé Raimundo
Começou castrar jumento
Teve um dia um pensamento:
“Tudo aquilo era boato”
Oito noves fora quatro
Diz o Novo Testamento!

Os versos acima são do repentista Zé Limeira, o poeta do absurdo.

Casa nova

Exonerado do comando da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), Carlos Melo foi empossado ontem na presidência da Cohidro. Novo responsável pela política de irrigação e recursos hídricos do governo, Melo substituiu Jorge Kleber Soares Lima, que estava respondendo interinamente pela estatal.

Orelha ardendo

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) garante que dois pré-candidatos ao Senado, “com índices de rejeição nas alturas”, vivem a atacá-lo com o propósito de “limpar a área para realizar o sonho de chegar à Casa Alta”. Vavá conclui que os danados agem assim mesmo ele não falando em reeleição. Só faltou o senador revelar os nomes de seus detratores. E precisa?

Voto consciente

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) elogia o fato de os cidadãos estarem discutindo cada vez mais sobre política. Segundo ele, o voto consciente vai prevalecer nas eleições deste ano. “Embora o eleitor esteja indeciso sobre em quem votar, as pesquisas mostram que ele já sabe o perfil do seu candidato: honesto, ficha limpa e competente”. Deus te ouça, deputado!

De olho no Senado

E o presidente da seccional da OAB, Henri Clay Andrade (PPL), deve mesmo se candidatar ao Senado. Advogados simpatizantes da candidatura pensam em lançá-la festivamente já na próxima semana. Cauteloso, Henri Clay não afasta a hipótese de participar do pleito, porém diz que precisa da mais tempo para avaliar os prós e contra da empreitada. Então, tá!

Olhe o trem!

E o trem fantasma continua circulando na Prefeitura de Aracaju. Pelo menos é o que garante o Sindicato dos Servidores Municipais. Em documento entregue ao Ministério Público, o Sepuma denuncia a existência de comissionados fantasmas em várias secretarias. “É uma afronta, um deboche, o que estão fazendo com o dinheiro do contribuinte”, discursa o sindicalista Nivaldo Silva. A Prefeitura nega a existência do trem da alegria e o Ministério Público promete investigar a denúncia. Piuiii, piuiii, piuiii!


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir