Domingo, 16.Dez.2018



Posse do presidente da Câmara de Poço Redondo como prefeito é adiada

O TRE concluiu o julgamento, mas não publicou ainda o acórdão.


10/10/2018 23:13 - Atualizado em 11/10/2018 13:09
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Foi adiada a posse do presidente da Câmara de Vereadores de Poço Redondo, Agnaldo Alfredo dos Santos, conhecido por Neném de Gregório, na Prefeitura de Poço Redondo, que estava marcada para esta quinta-feira, dia 11.

De acordo com o assessor jurídico da Câmara, Jeferson Souza, o TRE concluiu o julgamento, mas não publicou ainda o acórdão. “Como não houve a publicação, a decisão não está completamente válida. A previsão do TRE é que ela seja publicada na segunda-feira, dia 15, ocasião em que o prefeito e o presidente vão ser notificados”.

A solenidade de posse do presidente da Câmara vai ser antecedida pela transmissão do cargo ao vice-presidente Luiz Alberto. Logo em seguida, na prefeitura o presidente do poder legislativo assume o município.

Na tarde de quarta-feira (10), o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), concluiu o julgamento dos embargos de declaração apresentados por Ademilson Chagas Júnior e Manoel Rodrigues da Silva, prefeito e vice-prefeito do município de Poço Redondo, e cassou, por maioria, os respectivos mandatos.

O prefeito e vice-prefeito de Poço Redondo perderam seus mandatos por prática de atos que desequilibraram o pleito de 2016, como a concessão a terceiros de 107 autorizações de abastecimento de combustível no Posto São Jorge, expedida pelo então candidato Ademilson Chagas Júnior, que alcançou o importe de R$ 22.100,50 (vinte e dois mil e cem reais e cinquenta centavos).


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir