Sexta, 22.Set.2017



Rita Lee é condenada a pagar R$ 5 mil a policial por confusão em show

Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou recurso da cantora, que se envolveu em polêmica durante apresentação em 2012.


04/08/2017 07:41
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

A cantora Rita Lee foi condenada a pagar R$ 5 mil a um policial de Sergipe que se sentiu ofendido durante apresentação
da roqueira no ano de 2012. Por unanimidade, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, nesta quinta-feira (3), recurso
impetrado e manteve a obrigação do pagamento por parte da cantora.

No dia 29 de janeiro de 2012, Rita Lee foi detida em Aracaju. A cantora teria, entre uma música e outra, avistado a presença de
policiais na plateia e os convidou a se retirar, aconselhando os PMs a fumar "um baseadinho".

Um dos policiais teria se aproximado do palco e sido xingado pela roqueira de “cavalo” e “cachorro".

Recurso

O caso chegou ao STJ por meio de um recurso da cantora contra a condenação, ainda em segunda instância, ao pagamento da
indenização de R$ 5 mil ao policial militar Ângelo dos Santos Carvalho.

A ministra Nancy Andrighi, relatora do caso, não concordou com as alegações. Rita Lee ainda responde por outras ações geradas
no mesmo episódio, são mais de 50 ao total envolvendo outros
policiais.

Fonte: JC Online.


Compartilhar no Whatsapp
Imprimir