Sexta, 17.Nov.2017



Lula em Sergipe: ato em Aracaju tem presença de movimentos sociais e ausência de JB

Nenhum membro do PMDB, do PSD, PRB ou de partidos aliados do PT em Sergipe foram representados no ato.


22/08/2017 16:56 - Atualizado em 22/08/2017 17:00
Compartilhar no Whatsapp
Imprimir

Depois de atos em Estância, Lagarto, Itabaiana e Nossa Senhora da Glória, respectivamente, foi a vez de Aracaju promover um evento que marcou a despedida do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, em solo sergipano. Iniciado por volta do meio dia, desta terça-feira, as atividades da Caravana da Esperança teve encontro com várias organizações da Frente Sergipana Brasil Popular, com centrais sindicais, lideranças indígenas e quilombolas. O palco para as manifestações artísticas e homenagens foi o Iate Clube de Aracaju.

Foto: Mídia Ninja

Além da comitiva de Lula, comandada pelo sergipano Márcio Macedo, também prestigiaram o evento o presidente do PT em Sergipe, Rogério Carvalho, a vice-prefeita de Aracaju, Eliane Aquino, o deputado Federal João Daniel, a ex-deputada estadual Conceição Vieira e outros quadros da legenda.

Nenhum membro do PMDB, do PSD, PRB ou de partidos aliados do PT em Sergipe foram representados no ato. Outra ausência sentida foi a da deputada Ana Lúcia, que mais cedo havia participado de uma reunião com Lula e as entidades que organizaram o ato. O prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B foi outro aliado que não compareceu.

Palavras de ordem

Entre um orador e outro, a lembrança do afastamento da ex-presidente Dilma, que classificam como golpe parlamentar; as reformas que tramitam no Congresso Nacional; e os ataques “sofridos pelo PT tanto por parte de setores da imprensa como pelo Judiciário” era a tônica das palavras de ordem, inviavelmente sendo aplaudidos.

Lula

Durante o discurso, Lula voltou a afirmar que sua prioridade sempre foi o empoderamento do povo mais pobre e disse que continua valorizado as políticas sociais que marcaram o seu governo. “Vivo um momento especial: recebi um título honoris causa em Lagarto. Hoje cheguei aqui e um senhor com mais de 60 anos com chapéu de couro chorando me agradecendo porque a filha vai cursar medicina na universidade. A minha força vem de vocês, porque só há Lula por causa de vocês’', disse o ex-presidente.

Lula agradeceu as manifestações que recebeu em Sergipe foi contundente com os feitos de quando era presidente. “Gostaria de ser portador de sonho e esperança. Por isso não tenho tempo de ter rancor nem de (Sérgio) Moro. Vivi um momento onde os presidentes de outros pais respeitavam o Brasil”, relembrou. E concluiu: “saio de Sergipe com o coração e a alma lavada e com a mais grata lembrança e gratidão que um ser humano pode receber. E em nome de Marcelo Deda, um menino que virou governador de Sergipe, agradeço as homenagens”.

Drogaria_rezende

Compartilhar no Whatsapp
Imprimir